Diante da polêmica união entre Wals e AB-Inbev (Bohemia) decidi escrever esse artigo.

Antes de mais nada quero esclarecer que nada tenho contra essa união, pelo contrário. Torço para que essa aquisição seja de fato precursora de uma grande mudança de paradigma para a AB-Inbev e um marco benéfico na revolução cervejeira do Brasil. No que pertine à Wals não preciso nem falar nada! A qualidade de suas cervejas é indiscutível e o apoio que eles dão à cultura cerveja (e cervejeiros caseiros) sempre foi fenomenal!

Admito, no entanto, uma certa preocupação afinal não é de hoje que não simpatizo com a AB-Inbev. Importante esclarecer que essa minha antipatia se deve pelas políticas, declarações e atitudes da empresa e não por qualquer razão pessoal ou pelas cervejas de seu portfólio.

Eu sei que temos que aceitar a entrada e ver com naturalidade a participação da AB-Inbev e de outras gigantes do setor no mercado de cervejas especiais, mas sinceramente está cedo para comemorações e elogios. Vejam bem, não estou falando da qualidade das cervejas da Wals, que sinceramente não acho que vão decair; meu pensamento está além disso.

Cervejarias pequenas e independentes visam o lucro obviamente, mas atuam no mercado contribuindo para o mesmo incentivando a cultura cervejeira, gerando empregos e incentivando o turismo local. São empresas que em sua maioria visam o lucro, mas mantém seus ideais e uma forte postura ética quanto a questões de relevância social e ambiental.

Grandes empresas, ao contrário, normalmente são mais egoístas em sua busca pelo lucro. A Ambev um perfeito exemplo desse comportamento “macro” (como vocês vão ver abaixo) e é por isso que eu não vejo com olhos animados a parceria Bohemia/Wals.

Quem já viu o filme Beer Wars sabe do que estou falando e para quem não viu segue uma boa definição para minha linha de pensamento nesse trecho de um artigo do “The Economist

“The corporation is a psychopath. Like all psychopaths, the firm is singularly self-interested: its purpose is to create wealth for its shareholders. And, like all psychopaths, the firm is irresponsible, because it puts others at risk to satisfy its profit-maximising goal, harming employees and customers, and damaging the environment. The corporation manipulates everything. It is grandiose, always insisting that it is the best, or number one. It has no empathy, refuses to accept responsibility for its actions and feels no remorse. It relates to others only superficially, via make-believe versions of itself manufactured by public-relations consultants and marketing men. In short, if the metaphor of the firm as person is a valid one, then the corporation is clinically insane.”

Isso acontece em vários seguimentos, ainda no ramo cervejeiro podemos por exemplo citar denúncias/suspeitas de doações suspeitas, sonegação e corrupção referentes ao Grupo Petrópolis!

Enfim, claro que vou ficar contente se começarem a aparecer cervejas como a Petroleum no mercado ao lado de minha casa, mas para mim o universo cervejeiro é muito mais abrangente e importante que meramente a busca pelo preço mais barato e a oferta de bons rótulos. É por isso que quero apresentar para vocês 10 fatos relacionados à AB-Inbev que vocês talvez tenham esquecido (ou nunca nem ficaram sabendo) e que podem traduzir (ou não) a índole dessa empresa. Tirem suas próprias conclusões e comentem a vontade!

1- A AB-INBEV DESRESPEITOU OS AMANTES DE CERVEJA ARTESANAL

budweiser superbowl

Se vc elogiou a AB-Inbev e ficou feliz pelo seu interesse no mercado de cervejas especiais brasileiro sua memória é realmente curta.

Apenas uma semana atrás a empresa fez um comercial durante o intervalo do superbowl (o minuto mais caro da televisão mundial) basicamente para tirar sarro de quem degusta cerveja artesanal. A mensagem implícita no comercial foi bastante clara: “Se você degusta cervejas artesanais você é um fresco”.

OBS: É verdade que o desrespeito também existe inversamente como quando a dupla da Brewdog quebrou umas garrafas de Stella Artois em uma campanha publicitária. A AB-Inbev acabou processando os escoceses pelo esculacho, talvez eles devessem dar o troco agora!

2- A AB-INBEV DISSE QUE CERVEJA CASEIRA É RUIM

Essa afirmação foi publicada em seu site alguns anos atrás, talvez motivada pelo medo do crescimento do n° de cervejeiros caseiros. Vejam na íntegra:

“Por tratar-se de produto elaborado a partir de produtos agrícolas, em tese, pode-se produzir cerveja de forma doméstica. A dificuldade para isso reside em conseguir equipamentos em pequena escala que permitam os controles de temperatura necessários ao processo, bem como equipamentos de filtração e manipulação do líquido em pequenos volumes que sejam estanques ao oxigênio (o oxigênio é o grande inimigo natural da cerveja, sendo responsável pela perda do frescor e deterioração do sabor do produto). Por essas razões, as tentativas de produção doméstica de cerveja até hoje proporcionaram um produto de qualidade muito inferior ao produzido pelas grandes indústrias

3- A AB-INBEV INSISTE E ESCULACHA NOVAMENTE OS CERVEJEIROS CASEIROS

Explico, diante da gafe da AB-INBEV a Acerva Carioca publicou uma carta de esclarecimentos, mas a tréplica da cervejaria não resolveu nada:

“O que pontuamos é que produtos domésticos, caseiros, feitos com equipamentos rudimentares e por pessoas que não conhecem a técnica acabam resultando em produtos de qualidade inferior”

Mais detalhes e todos os textos na íntegra você encontra nessa minha postagem:

http://www.cervejahenrikboden.com.br/orgulho-cervejeiro-caseiro/

4- O MARKETING DA AB-INBEV É RECHEADO DE MEIAS VERDADES

Fonte: Homini Lúpulo
Fonte: Homini Lúpulo

Vou por exemplo citar algumas campanhas de marketing da Bohemia que segundo eles é feita:

– Desde 1853 com a mesma receita (pelo visto conservantes, antioxidantes, xaropes não contam)

– Com água cristalina da montanha (ainda que isso não faça a menor diferença depois de uma osmose reversa)

– Com ingredientes importados (exatamente igual as demais cervejarias, afinal não temos plantio de lúpulo nem maltes especiais sendo produzidos em quantidades significativas no brasil).

OBS: Não vou citar o mal gosto e objetificação da mulher de seus principais comerciais.

5- A AB-INBEV TESTA A INTELIGÊNCIA DO CONSUMIDOR

ambev granja comary

Será que a pequena área de plantio acima fotografada foi suficiente para gerar cevada e encher centenas de milhares de garrafas de brahma? Claro que não!

Trata-se do infame e misterioso episódio da cevada da Granja Comary. Na ocasião a AMBEV plantou uma meia dúzia de mudas de cevada que supostamente foram utilizados em uma linha especial da Brahma (totalmente insípida por sinal) cujo valor do kit com um copo chegou a custar R$189,00 (!!!).

Fontes:

http://economia.uol.com.br/noticias/infomoney/2014/02/21/brahma-revela-cerveja-com-cevada-cultivada-na-granja-comary-valor-sera-de-ate-r-189.htm

http://blogdojuca.uol.com.br/2014/05/decepcao-nao-tem-plantacao-de-cevada-na-granja-comary/

6- A AB-INBEV POSSUI INÚMEROS CASOS DE ASSÉDIO MORAL E ACIDENTES NO AMBIENTE DE TRABALHO

assédio ambev

Digitem no google “ambev assédio moral”. Muita coisa bizarra irá aparecer… Seguem alguns exemplos:

– Empregados obrigados a fazer flexão com o chefe pisando em suas costas

– Supervisor armado que tinha o costume de atirar no emblema de cervejarias rivais

– Vendedores obrigados a usar saias, capacetes com chifres, batom e a ouvir xingamentos dos superiores

– Empregados que não batiam metas obrigados a deitar em um caixão

– Em outra ocasiões quem não batia meta passava em um “corredor polonês” e tinha que desfilar de saia

Nesse caso último caso a AMBEV argumentou em defesa que os constrangimentos eram decorrentes do não cumprimento de metas e que as punições eram aplicáveis a todos, ou seja, não havia discriminação (não da nem para achar graça dessa linha de argumentação…).

As fontes abaixo complementam as informações com casos ainda mais escabrosos como de demissões arbitrária, mortes e acidentes de trabalho e até trabalho escravo.

Fontes:

http://era.org.br/2011/10/ambev-assedio-moral-e-baluarte-de-estilo-vitorioso/

http://revistaepoca.globo.com/Epoca/0,6993,EPT1168579-1662-3,00.html

http://economia.ig.com.br/empresas/2013-10-23/obra-de-nova-fabrica-da-ambev-em-mg-e-flagrada-com-trabalho-escravo.html

http://terralivre.org/2012/04/campanha-pela-readmissao-da-joaquim/

http://www.ligeirinhodoradio.com/2012/03/ambev-em-jacarei-sp-demite-cipeiro-por.html

7- A AB-INBEV FAZ LOBBY PARA DEFENDER SEUS INTERESSES

Vou citar 2 casos aqui:

Primeiro o ocorrido no estado do Alabama nos EUA onde o lobby das macros garantiu que cervejas acima de 6%ABV fossem proibidas até 2009, brewpubs 2011 e homebrewing 2013!

No segundo foi o que ocorreu nas negociações para a liberação de venda de cevejas nos estádios. Esse trecho explica perfeitamente o ocorrido.

Um bom exemplo de lobby é o que está acontecendo hoje entre o governo e a Ambev na questão da venda de bebidas alcoólicas nos estádios de futebol durante a Copa do Mundo de 2014. Até alguns dias atrás estava acertado que seria proibida a comercialização de bebidas nos estádios. Depois da ação dos lobbystas, a decisão foi revogada e há uma movimentação política em prol da liberação, onde a maioria dos políticos que lutam contra esta comercialização são aqueles que não foram contemplados com os “favores” do lobby.

Fontes:

http://www.pastemagazine.com/articles/2013/12/why-one-craft-beer-lover-wont-buy-big-beer.html

http://www.blogdacomunicacao.com.br/a-influencia-do-lobby/

8-  A AB-INBEV FEZ (FAZ?) CONCORRÊNCIA DESLEAL

Pelo menos foi o que entendeu o CADE quanto a prática de mercado da AB-INBEV. Seguem alguns enxertos:

“A cervejaria, que detém 70% do mercado, foi punida por prejudicar o crescimento da concorrência por meio de um programa de fidelização e bonificação com mais de 80 mil donos de bares (…) Houve a intenção de prejudicar os concorrentes. (…)O programa Tô contigo distribuía prêmios como televisões, mesas e DVDs aos donos de bares conforme a pontuação, além de descontos no preço das cervejas (…) a investigação feita pela SDE aponta que, na prática, o programa de fidelização exigia a exclusividade na venda dos produtos da AmBev ou pela menos a redução da oferta de marcas concorrentes. (…) Havia a percepção de que era exigida a exclusividade. Estratégias de marketing que confundem o cliente e não deixam claro os aspectos formais podem ter efeitos de anti concorrenciais perverso.” 

Lei na íntegra o texto na fonte abaixo:

http://www.conjur.com.br/2009-jul-22/cade-aplica-multa-352-milhoes-ambev-programa-fidelizacao

9- A AB-INBEV POUCO INOVOU NO MERCADO DE CERVEJAS ESPECIAIS

Apesar de ser a maior cervejaria do mundo a AB-Inbev não demonstra muito interesse em inovar no mercado de cervejas especiais em geral. Na realidade ao invés de investir ela mesma em novas cervejas preferem comprar integralmente ou participações em cervejarias menores com rótulos e marcas já consolidados (ex: Goose Island nos EUA e agora Wals no Brasil).

Admito, no entanto, que pelo menos no Brasil a AMBEV já começou a quebrar esse paradigma com o lançamento de uma nova linha de cervejas da Bohemia. Espero que mantenham-se confiantes nessa fatia do mercado e ampliem seus investimentos e lancem cada vez mais produtos.

Afinal, quem não gostaria de ver a chegada de Bohemias de diversos  estilos feitas com excelente qualidade e vendidas com preço competitivos nas gôndolas de nossos mercados?

10- A AB-INBEV FEZ DOAÇÕES A PARTIDOS POLÍTICOS QUE VOTARAM CONTRA A INCLUSÃO DAS MICROS NO SIMPLES

A AB-INBEV fez generosas doações à partidos políticos. Coincidência ou não a base aliada do governo votou em peso contra a inclusão das microcervejarias no simples nacional em 2014, uma medida que prejudicou dramaticamente o futuro da cerveja artesanal brasileira.

Vale ressaltar que estamos diante de quase 45 milhões de reais em doações somente entre julho e outubro de 2014. O curioso é que as doações foram feitas por intermédio de CNPJs de empresas pouco conhecidas de propriedade da AB-Inbev como CRBS, Arosuco Aromas e Sucos, Londrina Bebidas.

No site do TSE é fácil consultar tais valores e o destino deles. Passei tudo para uma planilha que segue abaixo. Reparem que foram 172 doações das quais 108 dessas tinham como destino partidos da base aliada governista que, como já vimos, votaram majoritariamente contra a inclusão das microcervejarias no simples nacional!

Fontes:

Cervejarias artesanais no Simples: Veja como votou cada deputado

http://veja.abril.com.br/blog/radar-on-line/eleicoes-2014/saiba-quanto-coca-cola-e-ambev-doaram-as-campanhas-nas-eleicoes/

http://www.infomoney.com.br/mercados/noticia/3502387/jbs-ambev-aparecem-como-maiores-doadores-para-eleicoes-presidenciais-confira

http://robertjuenemann.com.br/falta-transparencia-nas-doacoes-das-sas/

DoadorCPF/CNPJDataValor R$Espécie do RecursoPartidoUnidade Eleitoral
ARO SUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0002-36 16/07/14 300.000,00Depósito em espécie PPRIO DE JANEIRO
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0002-36 16/07/14 370.000,00Depósito em espécie PSBDISTRITO FEDERAL
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA. 03.134.910/0002-36 16/07/14 250.000,00Transferência eletrônica PPRIO GRANDE DO SUL
AS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 30/07/14 200.000,00Transferência eletrônica DEMRIO GRANDE DO NORTE
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 13/08/14 180.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO SUL
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 30/07/14 250.000,00Transferência eletrônica PPPERNAMBUCO
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 150.000,00Transferência eletrônica PPSSÃO PAULO
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 19/11/14 500.000,00Transferência eletrônica PROSAMAZONAS
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 500.000,00Transferência eletrônica PSBPERNAMBUCO
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 30/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PSDBBAHIA
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 1.000.000,00Transferência eletrônica PTSÃO PAULO
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 23/07/14 3.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 200.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 800.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
AROSUCO AROMAS E SUCOS LTDA 03.134.910/0001-55 06/08/14 400.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
C R B S SA 56.228.356/0001-31 11/08/14 200.000,00Transferência eletrônica PDTMATO GROSSO
C R B S S.A 56.228.356/0001-31 10/09/14 80.000,00Depósito em espécie PSDACRE
CRBS 56.228.356/0001-31 23/10/14 30.000,00Depósito em espécie PPSPERNAMBUCO
CRBS 56.228.356/0001-31 27/08/14 60.000,00Transferência eletrônica PVMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 06/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PPSSÃO PAULO
CRBS S A 56.228.356/0001-31 18/09/14 200.000,00Transferência eletrônica PMDBPARANÁ
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PC do BRIO GRANDE DO SUL
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 06/08/14 130.000,00Transferência eletrônica PC do BRIO GRANDE DO SUL
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 23/07/14 150.000,00Transferência eletrônica PPMINAS GERAIS
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 20/08/14 30.000,00Transferência eletrônica PPMINAS GERAIS
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 24/09/14 70.000,00Transferência eletrônica PRRORAIMA
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 13/08/14 80.000,00Transferência eletrônica PSDBRIO DE JANEIRO
CRBS S.A 56.228.356/0001-31 03/10/14 90.000,00Transferência eletrônica PSDBSANTA CATARINA
CRBS S.A. 56.228.356/0001-31 09/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PSDBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S.A. 56.228.356/0001-31 03/10/14 120.000,00Transferência eletrônica PRRIO DE JANEIRO
CRBS S.A. 56.228.356/0001-31 19/09/14 70.000,00Depósito em espécie PVSÃO PAULO
CRBS S.A. 56.228.356/0001-31 21/10/14 50.000,00Depósito em espécie DEMBRASIL
CRBS S.A. 56.228.356/0001-31 30/07/14 1.510.000,00Depósito em espécie DEMBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 40.000,00Transferência eletrônica PDTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 500.000,00Depósito em espécie PMDBTOCANTINS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 13/08/14 150.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 13/08/14 200.000,00Depósito em espécie PPSPARANÁ
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 50.000,00Depósito em espécie PRBMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 500.000,00Transferência eletrônica PTMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 50.000,00Cheque PTDISTRITO FEDERAL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 250.000,00Transferência eletrônica PTBGOIÁS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 60.000,00Transferência eletrônica PTCGOIÁS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 01/10/14 50.000,00Transferência eletrônica DEMSERGIPE
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 900.000,00Depósito em espécie DEMBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PC do BPERNAMBUCO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 06/08/14 170.000,00Depósito em espécie PC do BSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 26/09/14 100.000,00Cheque PDTRONDÔNIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PHSMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 27/08/14 250.000,00Transferência eletrônica PMDBBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PMDBSANTA CATARINA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/09/14 340.000,00Transferência eletrônica PMDBDISTRITO FEDERAL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 20/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PMDBPARAÍBA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 50.000,00Cheque PMDBPARAÍBA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 750.000,00Transferência eletrônica PMDBAMAZONAS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 500.000,00Depósito em espécie PMDBAMAZONAS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 170.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 150.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 13/08/14 40.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 300.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO DE JANEIRO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 300.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO DE JANEIRO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 10/09/14 40.000,00Transferência eletrônica PPSGOIÁS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PRBBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 50.000,00Transferência eletrônica PRBDISTRITO FEDERAL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 300.000,00Transferência eletrônica PRBRIO DE JANEIRO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 90.000,00Transferência eletrônica PSDBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 50.000,00Transferência eletrônica PSDMARANHÃO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PSDSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PSDRIO GRANDE DO NORTE
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/10/14 500.000,00Transferência eletrônica PSDBRIO GRANDE DO NORTE
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 200.000,00Depósito em espécie PSDBPERNAMBUCO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 22/10/14 100.000,00Transferência eletrônica PSDBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 500.000,00Transferência eletrônica PSDBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 300.000,00Transferência eletrônica PSDBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 150.000,00Transferência eletrônica PSDBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 01/08/14 2.280.000,00Transferência eletrônica PSDBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/09/14 170.000,00Depósito em espécie PTPERNAMBUCO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/10/14 30.000,00Cheque PTBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 100.000,00Transferência eletrônica PTMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 310.000,00Transferência eletrônica PTMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 150.000,00Transferência eletrônica PTACRE
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 90.000,00Transferência eletrônica PTSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 10/09/14 50.000,00Cheque PTBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PTRIO DE JANEIRO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 20/08/14 30.000,00Transferência eletrônica PTMINAS GERAIS
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 40.000,00Transferência eletrônica PTBBAHIA
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 27/08/14 80.000,00Transferência eletrônica PTBSÃO PAULO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 18/07/14 350.000,00Transferência eletrônica PTBPERNAMBUCO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 01/10/14 100.000,00Transferência eletrônica PTBPERNAMBUCO
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 1.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 23/07/14 1.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 13/08/14 150.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 23/07/14 1.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 20/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 250.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 830.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/10/14 500.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 21/10/14 250.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 130.000,00Transferência eletrônica PPBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 06/08/14 300.000,00Depósito em espécie PPBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 06/08/14 500.000,00Depósito em espécie PPBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/08/14 40.000,00Transferência eletrônica PPSBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 15/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PRBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 26/09/14 100.000,00Transferência eletrônica PRBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 06/08/14 250.000,00Transferência eletrônica PSBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 100.000,00Transferência eletrônica PSCBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 22/10/14 100.000,00Depósito em espécie PSDBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 24/09/14 40.000,00Depósito em espécie PSDBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 180.000,00Transferência eletrônica PSDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 250.000,00Transferência eletrônica PSDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 23/07/14 3.000.000,00Transferência eletrônica PSDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 21/10/14 1.500.000,00Transferência eletrônica PSDBBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 21/10/14 250.000,00Transferência eletrônica PTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 50.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 13/08/14 150.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 400.000,00Transferência eletrônica PTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 20/08/14 150.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 30/07/14 650.000,00Depósito em espécie SDBRASIL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 20/08/14 50.000,00Depósito em espécie PTRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PTBDISTRITO FEDERAL
CRBS S/A 56.228.356/0001-31 19/09/14 140.000,00Transferência eletrônica PTBDISTRITO FEDERAL
CRBS S/A. 56.228.356/0001-31 30/07/14 150.000,00Transferência eletrônica PPRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A. 56.228.356/0001-31 30/07/14 400.000,00Transferência eletrônica PSBRIO GRANDE DO SUL
CRBS S/A. 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PSBRIO GRANDE DO SUL
CRBS SA 56.228.356/0001-31 24/09/14 70.000,00Transferência eletrônica PC do BRIO DE JANEIRO
CRBS SA 56.228.356/0001-31 11/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PDTBAHIA
CRBS SA 56.228.356/0001-31 11/08/14 30.000,00Transferência eletrônica PMDBESPÍRITO SANTO
CRBS SA 56.228.356/0001-31 26/09/14 150.000,00Depósito em espécie PMDBSERGIPE
CRBS SA 56.228.356/0001-31 24/09/14 40.000,00Transferência eletrônica PT do BMINAS GERAIS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 06/08/14 180.000,00Transferência eletrônica PT do BMINAS GERAIS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 12/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PC do BAMAZONAS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 03/10/14 90.000,00Transferência eletrônica PDTRIO GRANDE DO SUL
CRBS SA 56.228.356/0001-31 27/08/14 30.000,00Transferência eletrônica PENMINAS GERAIS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 20/08/14 80.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO GRANDE DO NORTE
CRBS SA 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PSBPIAUÍ
CRBS SA 56.228.356/0001-31 18/07/14 300.000,00Transferência eletrônica PSCPERNAMBUCO
CRBS SA 56.228.356/0001-31 10/09/14 30.000,00Depósito em espécie PSDGOIÁS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 21/10/14 100.000,00Transferência eletrônica PSDBGOIÁS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 30/07/14 1.050.000,00Transferência eletrônica PSDBMINAS GERAIS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PTSANTA CATARINA
CRBS SA 56.228.356/0001-31 20/08/14 40.000,00Transferência eletrônica PTPARANÁ
CRBS SA 56.228.356/0001-31 06/08/14 100.000,00Depósito em espécie PTBPIAUÍ
CRBS SA 56.228.356/0001-31 15/09/14 500.000,00Transferência eletrônica PROSBRASIL
CRBS SA 56.228.356/0001-31 30/07/14 100.000,00Depósito em espécie PSDTOCANTINS
CRBS SA 56.228.356/0001-31 08/10/14 30.000,00Transferência eletrônica PRMATO GROSSO
CRBS SA 56.228.356/0001-31 03/10/14 20.000,00Transferência eletrônica PSBDISTRITO FEDERAL
CRBS SA. 56.228.356/0001-31 03/10/14 30.000,00Depósito em espécie PC do BMINAS GERAIS
L0NDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 400.000,00Transferência eletrônica PSDBGOIÁS
LONDRINA BEBIDAS LTDA. 02.125.403/0001-92 13/08/14 50.000,00Outros títulos de crédito DEMPARANÁ
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 50.000,00Depósito em espécie PDTRIO GRANDE DO NORTE
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 01/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PMDBPARANÁ
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 27/08/14 1.280.000,00Transferência eletrônica PMDBRIO DE JANEIRO
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 13/08/14 160.000,00Transferência eletrônica PPRIO GRANDE DO SUL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 05/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PSBMINAS GERAIS
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 29/08/14 80.000,00Transferência eletrônica PSDMINAS GERAIS
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PSDPARANÁ
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PSDPARANÁ
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 580.000,00Cheque PSDBPARANÁ
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PSDBMINAS GERAIS
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 13/08/14 400.000,00Transferência eletrônica PTSÃO PAULO
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 13/08/14 300.000,00Transferência eletrônica PTSÃO PAULO
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 100.000,00Transferência eletrônica PTSÃO PAULO
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 300.000,00Depósito em espécie DEMBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 27/08/14 150.000,00Depósito em espécie PC do BBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 15/08/14 130.000,00Depósito em espécie PPSBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 250.000,00Transferência eletrônica PSBBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 40.000,00Transferência eletrônica PSDBBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 13/08/14 250.000,00Outros títulos de crédito PTBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 20/08/14 1.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA 02.125.403/0001-92 13/08/14 2.000.000,00Transferência eletrônica PMDBBRASIL
LONDRINA BEBIDAS LTDA. 02.125.403/0001-92 20/08/14 50.000,00Transferência eletrônica PSBSANTA CATARINA
LONDRINA BEBIDAS LTDA. 02.125.403/0001-92 20/08/14 150.000,00Transferência eletrônica PSBSANTA CATARINA
LONDRINA BEBIDAS LTDA. 02.125.403/0001-92 13/08/14 150.000,00Cheque PTRIO GRANDE DO SUL

NOTA: Essa não é uma postagem patrocinada, aliás eu sequer ganho dinheiro com patrocínio ou publicidade no meu site. Então esse artigo é meramente a minha opinião pessoal livre de qualquer influência.

(Visited 1.520 times, 1 visits today)
8